Baú nº3

>> quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011



Enquanto somos crianças tudo nos parece tão feliz, tão bonito e tão sem mentiras, como se vivêssemos num mundo perfeito onde só reina a felicidade e a alegria, onde não há choro, nem dor, nem os problemas complicados dos adultos. Não há maldade, somos todos amigos, damos as mãos uns aos outros e assim bailamos juntos num mundo de fantasias perfeitas. Vamos crescendo e descobrimos o verdadeiro mundo, aquele onde vivemos na realidade e tudo o que conhecíamos, que pensávamos ser verdadeiro desaparece, numa fracção de segundo...Então revela-se-nos um mundo tão feio, cheio de sombras, onde as palavras amor e felicidade não existem...De repente, vês-te sozinha no meio de uma multidão de corpos que andam apressados e nem reparam em ti...Vais ficando tão pequenina que só pensas em gritar para que todos possam ouvir o teu maior desejo: voltar a ser criança e viver naquele mundo mágico!



Por Rita Carvalho
Nov'06

9 linhas escritas por outros:

Andreiazita 10 de fevereiro de 2011 às 14:55  

Às vezes apetece mesmo voltar a ser criança

Estou a seguir ;)

Mary Jane 10 de fevereiro de 2011 às 21:53  

Ai Rita, tu escreves posts à velocidade da luz :D Em relação ao teu post, eu sou uma criança eterna. Tem aspectos bons, mas também tem outros maus. De vez em quando preciso de me proteger e exigir a mim própria crescer um bocadinho para não me magoar tanto com certas situações!

Mundinho 10 de fevereiro de 2011 às 21:56  

Quem me dera!! Voltar a ser criança, era tudo tão simples!

Criss 11 de fevereiro de 2011 às 11:33  

Recomendo One Tree Hill, Rita :P

A primeira temporada é o costume, rapaz gosta de rapariga popular e a amiga da rapariga tb gosta blabla... Mas a partir da 2º temporada é muito gira :) Aliás, isto já vai na 8º temporada xD É diferente de Gossip, pois as personagens são de um nível mais próximo das pessoas 'normais', que não moram na zona rica de NY ;P E como acompanha a vida das personagens até à suas carreiras e assim é engraçado! Mas só vendo e gostando ;)

Metropolitana 11 de fevereiro de 2011 às 11:44  

Quero ser criança de novo!

Ainda me dói um bocado, não consigo abrir muito a boca, e a falar dói muito. Tenho mesmo de sussurrar para não ter de fazer muita força.
É, devem ter-te posto tanta anestesia que ainda estás com ela xD

Criss 11 de fevereiro de 2011 às 11:46  

Isso depois também a partir de certo ponto passa a ser da CW e ainda fica melhor x)

S* 11 de fevereiro de 2011 às 12:24  

A maturidade traz responsabilidade... e isso nem sempre é agradável.

(entre)saias 11 de fevereiro de 2011 às 16:17  

Olá ritinha!!!
Hoje concordo 100% com todo o teu post, e como diz aquela música "ó tempo volta para trás..."
Um bom fim-de-semana **
maior beijo

Metropolitana 11 de fevereiro de 2011 às 18:10  

Quando os dentes cresceram era mesmo uma dor terrível. Sofria mesmo! Dor de dentes é a pior coisa que a gente pode ter. E depois afecta ouvidos, cabeça...enfim.
Eu agora tenho de os arrancar, porque vou ter de pôr aparelho. Arranquei o primeiro, levei pontos e tal. Não doeu. O pior foi mesmo depois de tudo.

Enviar um comentário

Obrigada por escreveres umas linhas no meu caderno! :)

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP